quinta-feira, 24 de outubro de 2013

(há)cura(r)

nunca duvidou que viria

a cura

e finalmente pode dizer que acabaram os fingimentos de que não sentia
as dores
as fantasias
a espera
a decepção

restou a não-dor
como sempre devia ter sido

o amor não pode doer
(embora lateje em dias desacostumados)

acurar é quase sinônimo de amar

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

pitanga



dia desses li uma frase que ficou foi tempo povoando meus pensamentos.

"a pitangueira é para os pássaros! mas se vocês se sentem pássaros...aproveitem"

não deve ser tão fácil subir no pé de pitanga, se emaranhar pelos galhos...

mas como é gostoso me sentir pássaro. encostar-me na vermelhinha
na folha verdinha
nos galhos mais altos

talvez seja para evitar quedas (como de costume) que me disponho a evitar as pitangas

mas agora ta diferente

eu quero voar até o mais alto galho
respirar pelo nariz de um pássaro
cheirar e bicar as pitangas todas

mas depois voltar para a terra e te adocicar com o meu beijo de pitanga

o doce dela é nosso
mas o vôo tem que ser só meu